domingo, 25 de março de 2012

5ª Caminhada- a força da união

Conforme estava previsto, realizou-se hoje a 5ª Caminhada pelo Rio, promovida pelo Movimento em Defesa do Rio Tinto.
Estiveram presentes quase quinhentas pessoas, de várias gerações, salientando-se que muitas delas participaram, pela primeira vez, nesta iniciativa.
Sem prejuízo de novos desenvolvimentos que aqui futuramente apresentaremos, deixamos, para já, um breve resumo de imagens recolhidas durante a Caminhada.
A concentração
Várias gerações unidas pelo futuro do rio

Atuação de um grupo de dança de alunas da Escola Secundária de Rio Tinto
 A companheira Marta Macedo leu a intervenção inicial da Caminhada

Com os mais jovens na primeira linha, arranca a Caminhada
Enchemos as ruas
Atravessámos o rio, perto da zona da Levada, onde ainda são visíveis os danos das cheias de finais de 2009
Uma primeira paragem junto do Centro de Saúde, aproveitada pelo entusiasta amigo de sempre, Engº Pedro Teiga, para uma oportuna e esclarecedora intervenção
Paragem junto do que resta do antigo moinho na Ribeira da Castanheira
Logo a seguir, constatámos a falta de civismo e a impunidade com que alguns continuam a amontoar lixos e entulhos em zonas proíbidas

Passámos velos vestígios de uma antiga nora agrícola, quase sepultada pelas montureiras adjacentes
Mais uma pausa, à sombra de um agradável arvoredo
Aqui e ali, placas chamavam a atenção para aspectos importantes do património
 Novamente cruzando o rio, na rua dos Moinhos onde Pedro Teiga chama a atenção para outras questões importantes, como sejam as descargas de esgotos domésticos directamente para o curso de água bem visíveis neste local
Já perto do final, caminhando entre a nova linha do Metro e o rio Tinto
Passando ao lado da Quinta das Freiras, um espaço que importaria revalorizar, num projecto integrado de requalificação do Centro Cívico de Rio Tinto, dando prioridade a zonas verdes e não a mais betão
Chagámos ao fim, junto das piscinas, certamente um pouco fatigados, mas com ânimo e determinação redobrados para prosseguirmos na luta por um rio mais limpo, mais dignificado, mais acarinhado, mais nosso

4 comentários:

Movimento em Defesa do Rio Tinto disse...

Em nome do Movimento temos de agradecer a todos os que caminharam connosco neste dia importante para o rio Tinto. A participação consciente e a entusiástica vontade demonstradas, transmitem-nos um forte voto de confiança motivam-nos para prosseguirmos os nobres objectivos por um rio despoluído, reabilitado e para fruição de todos.

O imenso trabalho que a preparação desta caminhada deu, não teria sido possível sem a ajuda empenhada de muitos amigos, de associações, de escolas e sem a compreensão dos nossos familiares que tivemos de privar da atenção merecida.
Aos amigos, aos muitos amigos que pontualmente ajudaram à preparação e divulgação da Caminhadaos, ao Bernardino Guimarães pelas palavras simpáticas e de indiscutível apoio e ao sempre presente Pedro Teiga. O Pedro, desde os primeiros passos do Movimento, acompanha o nosso trabalho injectando optimismo, apoio e conhecimentos fundamentais. A todos o nosso obrigado pelo incentivo.

Sem prescindir, quero deixar um afectuoso e especial abraço a um grupo fantástico de amigos, que tem provado uma grande disponibilidade e interesse por este projecto, aprendendo com o rio e reflectindo em conjunto a força desta razão: à Marta, ao Macedo, ao Diamantino, à Fátima, ao Moreira, à Patrícia, ao Garrido, à Maria, ao Luiz, à Eugénia e ao Paulo, estes dois últimos, uns grandes malucos…

O rio Tinto e os graves problemas que o afectam precisa de mais amigos empenhados. A história negra da ETAR e a poluição generalizada que grassa por todo o rio são as duas prioridades que estamos a acompanhar.

O que nos MOVE? O NOSSO RIO TINTO!

Até breve!
Carlos Duarte

Movimento em Defesa do Rio Tinto disse...

Sem que queira entrar na via de "troca de garlhadetes" e porque sou um dos mencionados queria, e penso que posso falar em nome de todos, dizer que sem a persistência, o empenhamento, diga-se mesmo, a teimosia do Carlos Duarte,o Movimento seria certamente muito menos actuante.
Perante as dificuldades e as incompreensões, perante os momentos de desânimo naturais numa luta tão longa como complexa, o Carlos surge sempre com uma nova proposta, com uma nova sugestão, e, sobretudo,com uma nova dose de vitaminas de estímulo que não nos deixam parar.Nesse sentido, o Carlos não nos dá folga...
Num Movimento que não tem uma estrutura directiva formal (e se calhar ainda bem), o Carlos é bem o dinamizador de primeira linha que, num tempo de crise, consegue retirar rendimentos insuspeitados daqueles que integram o chamado "núcleo duro".
Por modéstia que não aceitamos, o Carlos não se incluiu no louvor que aqui tão amistosamente expressa.Mas nós, mais velhos ou mais novos, mais malucos ou mais sãos, somos testemunhas do seu trabalho, da sua amizade do seu valor.
E, com tudo isto, não queremos ganhar medalhas, não queremos ganhar o céu. Se, com o nosso trabalho conseguirmos um rio melhor, uma cidade melhor, para o bem-estar dos riotintenses, já teremos obtido a melhor das recompensas.
António Moreira

Odele Souza disse...

Puxa vida, pelas fotos, a caminhada foi um sucesso. Gente de todas as idades. E que bacana levar crianças a eventos como esses pois é uma forma de já bem cedo lhes despertar a consciência de cidadania. Parabens a todos participantes, a todos os que se empenharam para o sucesso do evento. Parabébs ao Carlos Duarte e António Moreira.

Um abraço aqui do Brail.

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra acheter
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra acquistare
http://precioviagraespana.net/ viagra