sábado, 9 de fevereiro de 2008

Visita a mais um troço do rio

Conforme o noticiado, realizou-se, no dia 9 de Fevereiro, uma visita a um troço do rio Tinto, compreendido entre as zonas do Meiral e do Pego Negro.
Nesta iniciativa, promovida pelo Movimento em Defesa do Rio Tinto, participou mais de meia centena de pessoas.
De referir, entre outras, as presenças do Vereador Castro Neves, responsável pelo Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Gondomar, do Presidente da Junta de Freguesia de Rio Tinto, Dr. Marco Martins, dos especialistas em tratamento de águas, professores no ISEP, Engenheiros Francisco Teixeira e Vitorino Beleza, do já nosso conhecido e amigo, Engenheiro Pedro Teiga, do antigo vereador da Câmara, Pimenta Dias, e de diversos professores e alunos das escolas da cidade.
Estava inicialmente prevista uma visita à ETAR de Rio Tinto, mas tal não foi possível concretizar, dada a indisponibilidade manifestada pelos responsáveis por este equipamento, para, neste dia, poderem facultar a referida visita.
Feita a apresentação da actividade, o Engº Beleza, deu algumas explicações sobre o funcionamento de uma ETAR.
E, logo ali, se verificou uma situação anómala:os detritos retirados das águas, no início desta estação, são simplesmente depositados em contentores conforme a imagem mostra. O que ela não revela é o pestilento odor que ali se suporta.
Imaginem o que passam as populações residentes...

Foram preenchidas fichas de registo de observações, em dois pontos do rio. Como sempre, o Engº Teiga, dinamizou esta actividade.


A caminhada, pelas margens do rio, mostrava, de quando em quando, estas lamentáveis entulheiras:
Um olhar menos atento, sugere, por vezes, um rio Tinto limpo e agradável. Mas é apenas ilusão de óptica...

No pontão do Pego Negro, nova paragem, verificando-se mais um tubo a descarregar para o rio.
A visita terminaria, já na Estrada da Circunvalação, junto da nova via de acesso a Gondomar.


Desta iniciativa, ressaltaram aspectos interessantes e dignos de uma maior e mais ampla exploração, o que contamos fazer em futuros posts


3 comentários:

Adelaide Vieira disse...

Não conhecia o rio e fiquei sensibilizada com o drama dos moradores. Mas não desistam de cobrar dos responsáveis da CMG e outros que tais.
Deu para ver que está quase tudo por fazer.
Continuar a acreditar? E, porque não?
Parabéns.

António Rodrigues disse...

Éh pá, o Pimenta Dias não é vereador! muito embora tenha sido o politico que melhor se entendeu. O que é que os outros disseram?
Move(r) Rio Tinto é o que é preciso. FORÇA MOVE!

tibeu disse...

Parabens por tão útil blog.