segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Entrega de um documento sobre a ETAR do Meiral

Conforme temos frequentemente referido, a ETAR do Meiral, faz parte do problema da poluição do Rio Tinto em vez de fazer parte da solução. Aliás, estamos mesmo convencidos de que este equipamento jamais poderá ter um funcionamento adequado às características do rio. Por isso mesmo, discordamos frontalmente do vultuoso investimento programado para obras de remedeio desta ETAR, que vai ser, literalmente, dinheiro deitado por água abaixo.

Nesse sentido, e porque não desiste de procurar trazer à realidade os responsáveis e decisores que ainda estão a tempo de corrigir estes erros fulcrais, o Movimento em Defesa do Rio Tinto irá entregar-lhes um documento traduzindo as suas preocupações e  sugestões sobre esta matéria. Ao mesmo tempo, para comprovar, uma vez mais, a gravidade do problema, acompanhará o documento de amostras de água recolhida na rio, antes e depois da ETAR. Mesmo à vista desarmada, as diferenças na qualidade dessas águas, falam por si.
Esta entrega, à Empresa Águas de Gondomar e à Câmara Municipal de Gondomar. ocorrerá no próximo dia 15 de Fevereiro, pelas 17 horas.

2 comentários:

Isabel MC Ribeiro disse...

Ainda me custa a crer como é que tanta evidência da ineficácia da ETAR do Meiral, ainda suscita vontade de continuar com o seu processo de "remodelação" e manter as exorbitantes despesas. ..... mas isso deve ser o menos custoso, pois o dinheiro não sai do bolso dos políticos!

Isabel Ribeiro

Fredy Rangel disse...

Parece que vivemos num país de ricos!! Sempre a investir nos equipamentos obsoletos, a enterrar €€€ no betão e fazer remendos no alcatrão!! Assim não vamos lá. Como diz a Isabel Ribeiro, o dinheiro não sai dos bolsos dos politicos!